Ep. 30 - A Verdade

Ep. 30 - A Verdade

About this show

A VERDADE

[João, 18, 38]
“Disse-lhes Pilatos: E que é a verdade?”

[Friedrich Schiller, poeta, filósofo, médico e historiador alemão (1759 – 1805)]

“No espelho de fogo da verdade
A alegria sorri a quem a busca.”

[Carlos Drummond de Andrade (1902-1987)]

“A porta da verdade estava aberta
mas só deixava passar
meia pessoa de cada vez.

Assim não era possível atingir toda a verdade,
porque a meia pessoa que entrava
só conseguia o perfil de meia verdade.
E sua segunda metade
voltava igualmente com meio perfil.
E os meios perfis não coincidiam.

Arrebentaram a porta. Derrubaram a porta.
Chegaram ao lugar luminoso
onde a verdade esplendia os seus fogos.
Era dividida em duas metades
diferente uma da outra.
Chegou-se a discutir qual a metade mais bela.
Nenhuma das duas era perfeitamente bela.
E era preciso optar. Cada um optou
conforme seu capricho, sua ilusão, sua miopia.”

[José de Sousa Saramago, escritor português (1922-2010) Prêmio Nobel de Literatura, 98]

“Sobre a nudez forte da verdade o manto diáfano da fantasia
Ou Sobre a nudez forte da fantasia o manto diáfano da verdade”.

A verdade que sai do poço (1896)
[Jean-Léon Gérome, pintor francês, (1824 – 1904)]

A Mentira disse à Verdade:
"Vamos tomar banho juntas, a água do poço é muito boa. A Verdade, ainda desconfiada, testou a água e descobriu que estava muito boa. Então elas despiram-se e tomaram banho. De repente, a Mentira saiu da água e fugiu, vestindo as roupas da Verdade.
A Verdade, furiosa, saiu do poço para recuperar as suas roupas. Mas o Mundo, ao ver a Verdade nua, desviou o olhar, com raiva e desprezo. A pobre Verdade voltou ao poço e desapareceu para sempre, escondendo a sua vergonha. Desde então, a Mentira corre pelo mundo, vestida de Verdade e a sociedade fica muito feliz ... Porque o mundo não quer conhecer a Verdade nua”.
Pintura: A verdade que sai do poço, Jean-Léon Gérome, 1896.

PROBLEMATIZANDO!
1) – Explique com suas próprias palavras, o significado da frase do Saramago a respeito da verdade.
2) – Confronte as frases e o poema citados acima, com os seguintes conceitos filosóficos: ceticismo, dogmatismo e sectarismo.
3) – As frases e o poema citados, condizem com o “espírito” da Filosofia – de busca e nunca de posse do saber? Justifique sua resposta.
4) – Por que, em sua avaliação, a verdade é um problema, na filosofia, na ciência, na religião e no Direito? Justifique sua resposta.
5) – Qual a principal lição que podemos extrair do poema de Carlos Drummond de Andrade e da Pintura de Jean-Léon Gérome “A verdade que sai do poço”, em relação à questão da verdade?
more

Language

Portuguese

Top CategoriesView all