#64 até Cristo

#64 até Cristo

Meeting Point
00:02:52
Link

About this episode

devocional coríntios



leitura bíblica



Não se prendam aos que não têm fé. Pois que poderá haver de comum entre a justiça e a imoralidade? Que ligação existe entre a luz e a escuridão? Que harmonia pode haver entre Cristo e o Diabo? Ou que colaboração pode haver entre um crente e um descrente? Que tem o templo de Deus a ver com os falsos deuses? É que nós somos o templo do Deus vivo. Com efeito, Deus disse: Habitarei no meio deles e viverei com eles: serei o seu Deus e eles serão o meu povo. Por isso, diz o Senhor: saiam do meio deles e separem-se deles. Não tenham contactos com o que é profano e eu hei de receber-vos na minha casa. Então serei o vosso pai e vós sereis meus filhos e minhas filhas, diz o Senhor todo-poderoso. Queridos amigos, estas promessas são para nós. Portanto, purifiquemo-nos de todas as imperfeições do corpo e do espírito e vivamos com toda a santidade e respeito para com Deus.
2 Coríntios 6.14-7.1









devocional



Há alianças que um cristão maduro não está disposto a estabelecer. Acordos que se indisponibiliza a selar. Compromissos que se recusa a firmar. Não porque seja embirrento ou caprichoso mas, simplesmente, por entender que agridem o seu relacionamento com Deus. Tudo aquilo que mine e contamine essa amizade maior é rejeitado. Nada que se sobreponha ao domínio de Jesus é aceite. Caminhar de mãos dadas com a impureza é-lhe avesso. Não se vincula ao que desvirtue o carácter de Jesus moldado em si. Interiorizou que é totalmente inconveniente prender-se a uma canga que o obrigue a mancar. Assimilou que não há sociedade possível entre a “justiça e a injustiça.” Desistiu de tentar conjugar “a luz com as trevas”, pois a comunhão entre elas é absurda. Já deixou de tentar compatibilizar “Cristo e Belial”, ganhando consciência de que é “o templo do Deus vivente.” Guarda no coração os Seus sussurros: “Neles habitarei, e entre eles andarei; e eu serei o seu Deus e eles serão o meu povo.” Move-o um sentido apurado de obediência a ponto de se apartar do que não presta. À boleia da promessa de Deus: “Eu serei para vós Pai, e vós sereis para mim filhos e filhas, diz o Senhor Todo-Poderoso.”, procura purificar-se “de toda a imundície da carne e do espírito, aperfeiçoando a santificação no temor de Deus.”
- Jónatas Figueiredo