CAN 2022: Fali Candé, a estreia na prova com os Djurtus
13 January 2022

CAN 2022: Fali Candé, a estreia na prova com os Djurtus

RFI Português

O Campeonato Africano das Nações de futebol, que decorre nos Camarões, é um torneio que permite a jovens jogadores estrearem-se numa competição internacional ao serviço das respectivas selecções. A Guiné-Bissau tem alguns futebolistas que se estrearam durante o primeiro jogo, que terminou com um empate sem golos frente ao Sudão. Um desses jogadores foi o lateral-esquerdo Fali Candé, de 23 anos, que acabou por ser titular na primeira partida dos Djurtus na cidade de Garoua, no norte do pais. Fali Candé passou entre outros clubes em Portugal pelo Casa Pia, pelo FC Porto e pelo SL Benfica, antes de chegar ao clube algarvio do Portimonense onde se afirmou como peça indispensável da equipa. Após o encontro inaugural no CAN para os guineenses, e apesar do empate que não satisfez a selecção lusófona, Fali Candé conversou alguns minutos com a RFI. O atleta de 23 anos falou da emoção que foi ouvir o hino antes da estreia no CAN, ele que começou por abordar o empate frente ao Sudão. Fali Candé, lateral-esquerdo guineense, que integra os Djurtus desde 2021. A Guiné-Bissau ocupa o segundo lugar no Grupo D com um ponto, os mesmos do que os sudaneses, e a dois do líder, a Nigéria. Na próxima jornada, a 15 de Janeiro, a selecção guineense vai medir forças com o Egipto, nação comandada pelo treinador português Carlos Queiroz, que perdeu na primeira jornada frente à Nigéria por 1-0.